A Superintendência Regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra-MG) entregou nesta sexta-feira, 16, 120 títulos de domínio para diversas famílias que moram no Assentamento Nova Tangará, criado em 2003.

Esses títulos, além de regularizar as famílias que estão no local e dar uma segurança jurídica, também permitem maiores investimentos por parte dos produtores rurais, que agora, podem solicitar linhas de crédito sem a necessidade de procurar o Incra.

Continua após a publicidade

“A gente chega ao fim desse processo, foi uma caminhada longa, é um assentamento de 2003. Hoje, eles conquistam o título definitivo do imóvel, passam a ser suas as terras, e eles podem, a partir daí, fazer o melhor aproveitamento daquele imóvel”, afirmou Robson Fonzar, superintendente regional do Incra.

Os residentes do assentamento celebraram bastante a decisão e acreditam que agora, a vida deve ficar mais fácil no local. “Agora, tem muito mais facilidade pra arrumar um empréstimo. É o que nós precisamos aqui pra melhorar a vida, ter uma vida digna”, disse o produtor rural Valdivino Ferreira.

Ainda existe cerca de 130 parcelas de terra que precisam de regularização no local, algo que o órgão já está providenciando para os seus moradores. O superintendente regional do Incra explicou que o órgão pretende concluir o processo do Assentamento Nova Tangará e de outros localizados em Uberlândia ainda este ano.

“A gente espera entregar esses títulos, em breve, aos nossos assentados. A nossa intenção é entregá-los ainda no ano de 2018”, disse Fonzar.

Informações: Lourival Santos e Vinícius Lemos


Comments are closed.