O fim de tarde desta sexta-feira (16) foi caótico em Belo Horizonte por causa de mais um temporal na cidade, que causou estragos em diversas regiões, com carros arrastados por enchentes em ruas e avenidas, árvores que caíram sobre veículos e vias, desabamentos de imóveis e vítimas soterradas.

Na Vila Primeiro de Maio, na região Norte da capital, um muro de arrimo desabou em cima de uma casa na rua Jorge Francisco dos Santos. De acordo com o Corpo de Bombeiros, quatro moradores estavam na residência no momento da queda da estrutura. Duas mulheres não conseguiram deixar o imóvel, ficaram soterradas e foram resgatadas pelo Corpo de Bombeiros. Uma delas, de 46 anos, foi levada para o Hospital de Pronto Socorro João XXIII com uma lesão na perna esquerda. A outra, que não teve a idade divulgada, está em estado grave, com hipotermia e uma lesão na pelve. 

ACOMPANHE NOSSO TEMPO REAL SOBRE A CHUVA

Continua após a publicidade

Na avenida Getúlio Vargas, na altura do número 671, no bairro Funcionários, na região Centro-Sul de BH, uma árvore de grande porte atingiu um carro. O casal que estava no veículo nada sofreu.

FOTO: Nazia Pereira/Corpo de Bombeiros
Árvore cai sobre carro na Getúlio Vargas
Árvore caiu sobre carro no Funcionários, mas não deixou feridos

A Defesa Civil informou que quatro córregos na cidade transbordaram. São eles: Cachoeirinha, na avenida Bernardo Vasconcelos; dos Pintos, na avenida Francisco Sá; Piteiras, na avenida Silva Lobo; e Leitão, na rua Mato Grosso, esquina com Tamoios.

Carros foram arrastados em diversas vias. Leitores do portal O TEMPO enviaram vídeos da situação nas avenida Francisco Sá e Barão Homem de Melo. Veja:

 

Atualizada às 21h38


Comments are closed.