A Polícia Militar (PM) confirmou na manhã deste sábado (17) que ocorreu uma fuga de presos na penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte.

A corporação, no entanto, não informou quantos detentos deixaram o presídio, nem o horário em que eles fugiram.

Segundo informações preliminares de agentes penitenciários, ao menos 10 presos fugiram do Centro de Observação Criminológica (COC), destinado à triagem dos detentos.

Continua após a publicidade

A reportagem de O TEMPO aguarda um posicionamento da Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) com mais informações.

Oito fugiram em janeiro

Em janeiro, oito presos de alta periculosidade fugiram da Nelson Hungria. Os agentes penitenciários contaram que descobriram a fuga na manhã do dia 27, um sábado, durante uma vistoria realizada antes do horário de visita. Eles encontraram um buraco na parede de uma das celas.

Um dos oito presos que fugiram trata-se do traficante Felipe Souza da Cruz, conhecido pelo apelido “Jiraya”, por usar uma espada para torturar os seus algozes e adquirir drogas diretamente com a organização criminosa paulista Primeiro Comando da Capital (PCC).  

No início de fevereiro, a PM conseguiu recapturar Bruno Gustavo Gomes da Paixão, de 25 anos, no bairro Jardim das Flores, em Ibirité. Os militares chegaram até Paixão durante um patrulhamento naquela região. Como ele já era conhecido por crimes contra o patrimônio na cidade, ele foi logo abordado. O homem estava preso na Nelson Hungria por roubo.

Atualizada às 8h05


Comments are closed.