Depois de saber que há movimentações no muro e solo da BR-356 no encontro com a avenida Nossa Senhora do Carmo, região Centro-Sul de Belo Horizonte, a Defesa Civil emitiu um alerta para que os moradores da Vila São Bento, que moram próximo ao muro de contenção, deixem o local, já que há risco de morte.

Segundo a Defesa Civil, as movimentações podem causar desastres a qualquer momento. “Vocês estão correndo risco de morte. Deixem seus imóveis e se abriguem em local seguro. A Urbel já se colocou a disposição para acolhê-los. Não permaneçam em seus imóveis”, informou a Defesa Civil aos moradores.

A procuradoria municipal foi novamente acionada para que a liminar de retirada das pessoas e demolição dos imóveis possa ser cumprida. Na última sexta uma liminar expedida pela Justiça deu um prazo de 48 horas para as famílias deixarem o local. Porém esse prazo só começa a valer depois que o oficial de Justiça notificar as famílias, o que ainda não aconteceu. Se se recusarem a sair elas podem ser retiradas de forma compulsória. 

Continua após a publicidade

“A Defesa Civil recebeu no sábado (17) um relatório do DEER informando que a cortina atirantada está se movimentando. No domingo (18) equipes estiveram no local, com viaturas e sistema de alto falante, orientando mais uma vez os moradores a deixarem suas casas”, informou a Defesa Civil em nota.

A assessoria de imprensa da Urbel informou que neste domingo (18) foi feita a mudança de uma família e nesta segunda (19) mais três famílias estão mudando. Eram 22 famílias que precisavam deixar o local, mas após uma avaliação do DEER nesta segunda, subiu para 34 o número de casas que precisam ser esvaziadas. Destas 34, apenas seis famílias já deixaram o local. 

Duas pistas estão interditadas no sentido Rio de Janeiro por causa do problema. 


Comments are closed.