Com a recente crise econômica pela qual o país passou, muitas pessoas perderam seus empregos, e, claro, estão em busca de novas oportunidades para se recolocar no mercado de trabalho e também para pagar suas contas. Por conta disso, desempregados formam longas filas desde as 6 da manhã na unidade do Sine Uberlândia, que fica localizada na Avenida Nicomedes Alves dos Santos.

A reportagem da TV Vitoriosa foi até o local na última semana e constatou que nesse horário, já havia cerca de 40 pessoas aguardando na fila, duas horas antes da abertura do local.

Continua após a publicidade

O Sine informou que a procura de pessoas por um emprego aumentou nesse início de ano, se comparado com o início do ano passado. E disse que a única solução para a diminuição das filas é torcer por uma melhora na economia. Por exemplo, apenas 116 novas vagas foram captadas até o momento em 2018.

“Nós precisamos de uma economia que absorva toda essa mão de obra excedente, toda essa mão de obra que ficou desempregada a partir de 2015. Nós precisamos de uma economia em franco crescimento”, disse Gleide Starling, diretora regional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese).

Enquanto a economia ainda se recupera aos poucos, Gleide lembra que existe uma alternativa para quem está a procura de emprego e que evitar filas para garantir seu atendimento: ir até a Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do Governo de Minas Gerais, que fica na Avenida João Naves de Ávila, 317.

“As pessoas precisam entender que o mesmo atendimento que elas têm na unidade da Nicomedes Alves dos Santos, elas terão também na unidade da João Naves de Ávila”, afirmou.

Informações: Vinícius Lemos


Comments are closed.