Professor José Fabiano de Castro durante e inauguração do Salão de Eventos João Felippe em Capinópolis / foto: Marina Braga

Atualizado às 8h16 de 21/03/18 – José Fabiano de Castro foi fundador do Colégio ‘Comercial’ e não do colégio ‘Estadual’, como informado anteriormente.

CAPINÓPOLIS, MINAS GERAIS – Capinópolis perdeu um dos mais importantes e revolucionários personagens de sua história na manhã desta terça-feira (20) de março. José Fabiano de Castro – mais conhecido como professor Fabiano – faleceu  após agravamento do quadro de saúde, já debilitado deste do final de 2016, quando sofreu um acidente vascular cerebral (AVC).

Professor Fabiano, como era respeitosamente chamando, foi um homem culto, que sempre esteve à frente do seu tempo, marcando a história do município de Capinópolis com grandiosos feitos.

Continua após a publicidade

Teve sua última aparição pública registrada na inauguração do salão de eventos João Fellipe em Capinópolis, no dia 09 de dezembro de 2016.

Leitor assíduo do Tudo Em Dia e muito preocupado com a formação cultural de outros leitores, chegou a sugerir uma sessão de trovas e versos no portal, como forma de compartilhar a cultura. Em janeiro de 2017, com a visão debilitada e em uma cadeira de rodas, recebeu o jornalista e amigo Paulo Braga em sua casa.

“Como sempre, fui muito bem recebido por ele e por dona Maria Helena, sua esposa. Com a visão um pouco turva, ele me reconheceu primeiramente pela voz. Declamou poesias e trovas de uma forma intensa e muito emocionada, emoção que acabou sendo compartilhada por todos nós naquele momento. Ele dividia opiniões com sua forma crítica de analisar as mazelas da sociedade, contudo, suas grandiosas obras e feitos ficarão registradas na linha do tempo de Capinópolis para sempre. Sua partida nos deixa triste, mas nos conforta saber que ele revolucionou a terra que escolheu para viver e amar – ele foi um desbravador de horizontes e um semeador de cultura e esperança”, disse Paulo Braga.

José Fabiano de Castro era natural de Santa Juliana, Minas Gerais, onde chegou a atuar como ator em peças teatrais. Mudou-se para Capinópolis ainda jovem e fundou o colégio Comercial, onde atualmente é a Escola de Música Vicente de Paula Fontoura. Foi professor de matemática e de éticas no Colégio Estadual. Lutou pelo progresso de Capinópolis por meio de seu trabalho e reativou a Associação Comercial Industrial e Agropecuária de Capinópolis (ACIAC), fundada em 30 de Janeiro de 1972 para fortalecer o comércio local, que perdia vendas para os comerciantes de Ituiutaba – deu início à construção da sede própria da instituição em 1983, quando ainda era o presidente, inaugurando o prédio da ACIAC no dia 22 de fevereiro de 1986. Foi assessor do então prefeito de Capinópolis Ibrahim Bechara Younes, auxiliando em uma das gestões públicas mais eficientes do município.

Corpo docente do Colégio Estadual de Capinópolis / foto: Luiz Humberto Alvarenga

Muitas pessoas se manifestaram nas redes sociais.

A vida é breve, somos instantes… quando vemos, já fomos… que saibamos aproveitar o tempo ao lado daqueles que amamos! Vai em paz meu padrinho querido! Que Jesus o receba em seus braços!“, disse uma afilhada do professor em uma rede social.

José Fabiano de Castro ao lado da sobrinha, Ana Domingues / foto: Reprodução facebook

O atual presidente da ACIAC salientou a importância de José Fabiano para o comércio de Capinópolis. “Ele é maior responsável pela construção da sede ACIAC e lutava muito pela entidade. Trouxe muitos recursos para os empresários e vai fazer muita falta”, disse Anderson Clayton.

O prefeito de Capinópolis, Cleidimar Zanotto, que viajou à Brasília nesta terça-feira (20), lamentou a morte do professor. “Capinópolis deve muito ao trabalho do professor José Fabiano de Castro. Um homem que deixa um legado de conhecimento e de luta pelo progresso do município”, disse o prefeito.

“Àquele, que de maneira precursora assistiu à terra escolhida como rincão de progresso para seu povo, nosso reconhecimento pelo progresso proporcionado a nós todos cidadãos capinopolenses”, disse o vice-prefeito Jaisson.

Professor Fabiano durante discurso no Rotary Club de Capinópolis / foto: Luiz Humberto Alvarenga

O Tudo Em Dia preparava um especial no quadro “Minha História Em Dia” com o professor Fabiano para ser lançado em maio deste ano, mas as gravações não haviam iniciado. O “Minha História Em Dia” é um documentário que homenageia pessoas em vida.

 José Fabiano de Castro deixa a esposa, um casal de filhos e muitos amigos e admiradores. O velório do professor será na funerária Fratari e o sepultamento será às 18h30 no Cemitério da Saudade em Capinópolis.


Comments are closed.