Manifestantes fecham Afonso Pena na manhã desta terça

Manifestantes fecham duas pistas da avenida Afonso Pena, em frente a Prefeitura de Belo Horizonte, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, na manhã desta terça-feira (20). Desde esta segunda-feira (19) pela manhã famílias das ocupações da região do Isidoro ocupam a rua pedindo a regularização de suas moradias. Eles passaram a noite no local com barracas.

O trânsito é bastante lento para os motoristas que seguem no sentido Mangabeiras. Segundo o Movimento de Luta nos Bairros (MLB), os manifestantes não vão deixar o local até terem suas demandas atendidas. As famílias afirmam que não foram recebidas pela prefeitura.

Motivo do protesto

“As 9.000 famílias das comunidades da Izidora, já com 6.000 casas construídas ou em construção, estão indignadas, porque o prefeito Alexandre Kalil não está honrando o compromisso que assumiu durante a campanha eleitoral. Kalil disse que ‘as ocupações são bairros da cidade’, que ‘não iria despejar as

Ocupações da Izidora e que iria regularizar fundiariamente e urbanizar as ocupações já existentes, entre as quais, as da Izidora”, informou a comissão da pastoral da terra.

O grupo quer que as ocupações da região do Isidoro (Rosa Leão, Esperança e Vitória) sejam incluídas na Lei de Uso e Ocupação do Solo/Plano Diretor. As famílias pedem a aprovação do Plano Diretor e reconhecimento de todas as ocupações como Áreas de Especial Interesse Social (AEIS). As famílias pedem também água, energia, saneamento, posto de saúde, escola e creches.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Primeira tarde do Outono deve ter sol e chuva forte em Belo Horizonte

Carro sem motorista da Uber provoca primeiro acidente fatal nos EUA