Dois homens e uma mulher foram presos na manhã desta terça-feira (20) no bairro Lagoinha, na região Noroeste de Belo Horizonte, suspeitos de furtarem fios de cobre na praça Vaz de Melo. Os cabos seriam de semáforos e de rede elétrica. A Polícia Militar desconfia que ladrões tenham cometido o crime para trocar produtos por drogas.

De acordo com a PM, por volta de 7h, a viatura surpreendeu um casal que estaria andando em um viaduto em cima da praça Vaz de Melo empurrando um carrinho de mão cheio de cabos. Eles foram abordados e, no momento em que iam entrar na viatura, um outro homem pegou o carrinho e tentou fugir do local, sendo surpreendido pela polícia. Os dois homens, de 45 e 25 anos, e a mulher, de 27 anos, foram detidos.

Ainda segundo a polícia, não é possível precisar ainda de quais localidades os cabos foram furtados. Os presos, que têm passagens pela polícia, já são conhecidos da PM por serem usuários de craque e teriam cometido o crime para vender os produtos em um ferro velho na região e trocar o dinheiro por drogas.

Continua após a publicidade

Segundo o sargento Leonardo Lobo, do 34ª Batalhão da Polícia Militar, furto de cabos de cobre é recorrente na região. “É muito recorrente devido ao grande número de usuários de drogas. A PM está trabalhando duro para tentar diminuir esses furtos, principalmente em semáforos. Gera muito transtorno para a população que passa na região. Além disso, como são de alta tensão, os usuários de drogas correm muito risco ao retirarem esses cabos”, afirmou.


Comments are closed.