Gilmar de Oliveira lutava contra um câncer de medula desde 2012. (Foto: Reprodução / internet)

Após cair em uma armadilha do tipo miguelitos, feita por criminosos a partir da junção de pregos retorcidos para furar pneus de carros, um sargento da Polícia Militar (PM) de Uberaba foi morto em uma troca de tiros com criminosos na BR-050. Gilmar de Oliveira, de 51 anos, foi atingido por um tiro na cabeça.

Segundo informações da Polícia, o sargento Gilmar seguia de carro com um amigo, que também é policial, quando, por volta das 2h desta quarta-feira, 21, no km 183, próximo ao Bairro Jardim Alvorada, os pneus do veículo furaram por causa de objetos cortantes na pista. Ao parar o veículo no acostamento, dois bandidos armados saíram do matagal à margem da pista e anunciaram o assalto.

Continua após a publicidade

Houve troca de tiros e o sargento Gilmar foi atingido por um disparo na cabeça. O outro militar, que é cabo da PM, não foi atingido. Os ladrões fugiram levando a arma da vítima.

O policial foi levado com vida pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM), mas ele não resistiu aos ferimentos.

O helicóptero Pégasus, da PM de Uberlândia, é usado na busca pelos assaltantes.

Segundo informações, o sargento Gilmar voltava de Barretos-SP, onde fazia um tratamento contra o câncer. Ele tinha mieloma múltiplo, um tipo de câncer de medula, que descobriu em 2012.


Comments are closed.