15 pessoas são presas em operação de combate jogo clandestino em BH

A Operação Tróia, realizada na tarde desta sexta-feira (23) pela Receita Federal em conjunto com a Polícia Militar (PM) e a Prefeitura de Belo Horizonte na avenida Augusto de Lima e na rua São Paulo, na região central, terminou com 22 máquinas caça-níqueis apreendidas e 15 pessoas presas.

A operação, que foi desencadeada após dois meses de levantamento,  tem o intuito de coibir a prática de contravenção penal bem como a venda de celulares roubados e de produtos eletrônicos envolvidos em contrabando.

Na lista de materiais apreendidos constam também cerca de R$ 3 mil, 11 monitores, duas televisões, um notebook, duas mini impressoras, duas máquinas de cartão, um telefone, um roteador e um celular.

Os agentes fiscalizaram cinco estabelecimentos de exploração de jogos de azar e quatro lojas de produtos eletrônicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Minas Gerais fecha 2017 com a menor taxa de homicídios dos últimos seis anos

Rapaz de 24 anos é assassinado a tiros em frente à antiga prefeitura de Araguari