Os 18 anos da ONG Ponto Terra vão ser comemorados na próxima segunda-feira, no auditório do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-MG), na capital. No evento, serão feitas homenagens a dez ambientalistas mineiros, dentre eles o médico, professor e escritor Ângelo Machado, que terá os mais de 40 anos a serviço da educação ambiental celebrados na ocasião.

Na programação do evento, também está prevista a apresentação do projeto de construção do Centro de Educação Ambiental, que será montado no Residencial Dom Bosco, em Cachoeira do Campo, distrito de Ouro Preto, na região Central de Minas Gerais. “Já temos um terreno de 4.200 m² e devemos iniciar a construção do centro já no próximo ano. Nosso objetivo é espalhar a cultura ambiental para a população de Ouro Preto, Mariana e todos os seus distritos”, conta o presidente da ONG Ponto Terra, Ronaldo Vasconcellos.

Apenas 41 km separam o distrito de Cachoeira do Campo da cidade de Mariana, palco da tragédia do rompimento da barragem de Fundão, que despejou lama no rio Doce. “Essa proximidade é uma feliz coincidência. Esperamos trazer mais esperança para a população, além de realizar um trabalho social”, explica Vasconcellos. A partir do próximo mês, a ONG Ponto Terra vai buscar parceiros para o financiamento das obras.

Continua após a publicidade

Saiba mais

Regras. O evento também vai debater as Deliberações Normativas (DNs) 213, 214 e 217 do Conselho Estadual de Política Ambiental de Minas Gerais (Copam-MG), que objetivam agilizar o processo de licenciamento ambiental.

Serviço. A programação começa às 18h30. O auditório do Crea-MG, que vai receber o evento, fica na avenida Álvares Cabral, 1.600, no bairro Santo Agostinho, na região Centro-Sul de Belo Horizonte.


Comments are closed.