A Polícia Civil de São Gotardo, no Alto Paranaíba, investiga um caso de um suposto abuso sexual cometido por um homem de 26 anos contra o próprio enteado, que tem apenas 10 anos.

A mãe da criança, que tem 27 anos, procurou a Polícia Militar (PM) para relatar o caso no final da última semana. A jovem alegou que foi conversar com o filho após perceber que ele parecia triste. Neste momento, o menino explicou que sofria abusos sexuais do padastro desde os oito anos de idade.

O garoto explicou que quando a mãe saia de casa para trabalhar, o padastro o forçava a assistir filmes pornográficos com ele e que introduzia o pênis em sua boca e no ânus.

Continua após a publicidade

Após escutar a história do filho, a mãe expulsou o companheiro de sua casa e encaminhou o garoto para atendimento no Pronto-Socorro local. O padastro ainda não foi localizado pela Polícia Militar para dar explicações sobre o caso.

Informações: Patos Hoje


Comments are closed.