Polícia Civil prende um dos principais líderes do narcotráfico de Minas Gerais

A Polícia Civil (PC) informou, nesta segunda-feira (26), que prendeu Marcelo Cristian Batista de Souza, de 41 anos, que é apontado como uma das principais cabeças à frente do narcotráfico em Minas Gerais. Segundo a corporação, o traficante, que é mais conhecido como “Marcelão”, estava foragido desde 2016 e foi detido na última quinta-feira (22), no bairro Kennedy, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo a PC, “Marcelão” possui extensa ficha criminal, que inclui, além do tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e homicídios. Ele ainda é suspeito de ser o mentor do sequestro dos filhos do ex-prefeito de Guanambi (BA), em 2003.

Ainda segundo a corporação, “Marcelão” pode estar ligado ao ataque aos ônibus ocorrido na Avenida Carlos Luz, em Belo Horizonte, em 9 de março deste ano. À época, moradores da Vila Sumaré incendiaram dois coletivos para protestar contra a morte do jovem Marcos Vinícius Bambirra, de 22 anos, que teria sido alvejado por policiais com dois tiros nas costas.

Aposentados por invalidez terão de fazer nova perícia médica no INSS e temem perder o benefício

Central de Flagrantes é inaugurada em Betim