O ministro da Educação, Mendonça Filho, prometeu nesta quinta-feira (29) a construção de um campus da Universidade Federal de Lavras (UFLA) em São Sebastião do Paraíso, no Sul de Minas. As atividades devem começar no segundo semestre deste ano, em local provisório, até a construção do campus, em um terreno de 150 metros quadrados no bairro Jardim Mediterranée. 

O governo federal não informou quando o campus será entregue. O começo das obras também não foi informado. De acordo com o ministro, o novo campus terá 180 vagas para quatro cursos (bacharelado interdisciplinar em ciência e tecnologia, com duração de três anos, e três cursos de engenharia (produção, software e uma terceira com a nomenclatura ainda a ser definida).

A instituição estima obras que devem custar R$ 36,3 milhões. Segundo Mendonça Filho, a decisão de implantar o campus na cidade mineira obedece ao planejamento estratégico das universidades: “São elas que decidem, a partir do seu conselho universitário, para onde expandir e como expandir, priorizando as vocações regionais – no caso de São Sebastião do Paraíso, a agroindústria, que tem uma força muito expressiva, e que contará com o apoio do Ministério da Educação para a sua implementação no menor espaço de tempo possível”.

Continua após a publicidade

Para o reitor da UFLA, José Roberto Scolforo, a instituição de ensino tem crescido muito no quesito qualidade. “A UFLA fez a opção de vir para Paraíso porque nós observamos que esta é uma região estratégica, pois tem a pujança do agronegócio”, disse. “Com esse campus, nós poderemos contribuir muito para a economia local. E o foco que vamos trabalhar aqui é a questão de cursos de engenharia voltados para a inovação tecnológica”, afirmou. 


Comments are closed.