Um comerciante, de 27 anos, ficou ferido na noite desta quinta-feira, 29, após ter o corpo queimado por uma mulher, de 52 anos. Ela também foi atingida pelas chamas em partes do corpo. O crime aconteceu por volta de 22h30 em um estabelecimento na Avenida Aspirante Mega, no Bairro Jaraguá, em Uberlândia.

De acordo com a Polícia, a confusão começou depois de uma discussão entre a suspeita Lucy Garcias Rosa, 52, e o proprietário do estabelecimento, Júnior Ismar de Freitas, 27.

Depois de incendiar o comércio, a mulher continuou no local assistindo a situação, mesmo machucada por causa do fogo. Segundo a Polícia Militar, Lucy jogou combustível no corpo do empresário e ateou fogo no estabelecimento. Júnior foi tentar conter as chamas para evitar que o incêndio chegasse até as casas vizinhas e acabou com boa parte do corpo incendiada.

Continua após a publicidade

A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros apagaram o fogo e socorreram a vítima. Segundo a Polícia, testemunhas disseram que a mulher é mãe de uma amiga do comerciante.

Seguem internados no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU).

De acordo com os bombeiros, Lucy e Júnior tiveram mais de 36% do corpo queimado. Ela também foi levada para atendimento médico. Ele teve queimaduras na região da barriga, pescoço e rosto. A mulher teve os braços queimados.

O carro de Lucy foi apreendido em frente ao bar. A Polícia Civil irá investigar o caso.

Informações de Bruno Rocha

 


Comments are closed.