Pescador profissional e outro amador são autuados por irregularidades, em Centralina

Durante a Operação Paixão de Cristo, realizada pela Polícia Militar de Meio Ambiente nesta sexta-feira, 30, no rio Paranaíba, no município de Centralina, um homem foi preso por pesca ilegal. O pescador estava em um barco com quatro redes, totalizando 240 metros quadrados do material. Além da condução do autor, uma multa foi aplicada.

O patrulhamento aquático preventivo era realizado na divisa de Minas Gerais com Góias, quando os policiais avistaram uma embarcação com um indivíduo dentro retirando redes do leito do rio.

Magazine Brasil Líbano Dia dos Pais

O homem, de 47 anos, é pescador profissional e estava praticando o ofício em local permitido com 5 redes, totalizando 150 linear de rede de emalhar e/ou 300 m².

No entanto, para o pescador profissional utilizar redes de emalhar deve possuir plaquetas de identificação em suas redes e neste caso não havia plaquetas nas redes. O material foi apreendido. Ele foi autuado em  R$ 1.056,70.

CCAA Capinópolis

E ainda na operação, na quinta-feira, 29, também no município de Centralina, um homem de 60 anos foi preso por pesca ilegal. O pescador amador estava em um barco com quatro redes totalizando 240 metros quadrados de rede. Além da condução do autor uma multa foi aplicada no valor de R$ 6.193,91.

 

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis