Polícia mata uberlandenses suspeitos de explodirem caixas eletrônicos de banco em Goiânia

Três homens, que seriam de Uberlândia, suspeitos de explodirem caixas eletrônicos de uma agência do Banco do Brasil, em Goiânia, nesta madrugada de sexta-feira, 30, morreram em confronto com a Polícia Militar. Gabriel Antônio Urias Silva, de 19 anos, Pablo Felipe Ferreira Carvalho, de 30 anos, e Tiago Lúcio de Andrade, 28 anos, foram surpreendidos pelos militares no cruzamento das ruas Verdi e Roma, no Bairro Jardim Europa, na região Sudoeste, em Goiânia. O crime foi na Avenita T-7.

De acordo com a Polícia, o trio seria de Uberlândia, Minas Gerais, e seria especializado em roubo de agências bancárias. Equipes do Grupo de Intervenção Rápida e Ostensiva (Giro) ouviram as explosões e se deslocaram para o local, sendo possível fazer o acompanhamento dos suspeitos até o Jardim Europa.
No cruzamento das ruas Verdi com Roma, os suspeitos pararam o carro, um Ecosport, e desceram atirando. Os policiais revidaram. No confronto, morreram Gabriel, Thiago, e Pablo Felipe. Os policiais que participaram da ação saíram ilesos.
No veículo, os policiais encontraram vários sacos de dinheiro, que totalizaram R$ 120.300 em cédulas não danificadas. Uma gaveta do caixa eletrônico, uma alavanca, armas e três pistolas também foram apreendidas no carro.
Os corpos foram recolhidos por uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) e o veículo utilizado pelo grupo removido. Equipes do Corpo de Bombeiros, da Polícia Técnico-Científica e da Delegacia de Homicídios também foram acionadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Criança de dois anos desaparece em mata de Betim, na Grande BH

Com atividades suspensas, Anglo American vai conceder férias coletivas