Haitiana é agredida com socos durante assalto na região da Pampulha

Dois irmãos foram presos suspeitos de envolvimento em um roubo a uma haitiana, neste domingo (1º), no bairro Dona Clara, na região da Pampulha, em Belo Horizonte. A mulher de 27 anos chegou a ser agredida com socos por um dos homens.

De acordo com o sargento Luiz Antônio de Oliveira, do 13º Batalhão de Polícia Militar, a vítima estava a caminho da igreja quando foi abordada. “Ela, que está no Brasil há quatro anos fazendo intercâmbio, foi abordada na rua Aureliano Lessa. O autor puxou a bolsa dela e a agrediu. Ela revidou”, explicou o policial.

Após o crime, o suspeito de 23 anos entrou em um Siena de cor prata. O veículo foi abordado pelos policiais na avenida Isabel Bueno, já no bairro Liberdade. No carro estava o irmão dele, de 27.

“O mais velho não foi reconhecido pela vítima, mas, durante o registro da ocorrência, uma outra mulher se aproximou da guarnição e contou que ele a roubou no dia 24 de março em um ponto de ônibus no Anel Rodoviário, na altura do bairro São Francisco”, explicou o sargento.

Ainda segundo ele, a haitiana não precisou receber atendimento médico. A bolsa da jovem com os documentos e celular não foi encontrada. A dupla, que já tem antecedentes criminais, foi encaminhada à Central de Flagrantes I (Ceflan).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ninguém acerta os números da Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 40 milhões

Mãe descarta a possibilidade de filho ter sido sequestrado