Durante a Semana Santa, a 9º Companhia de Polícia Militar de Meio Ambiente e Trânsito desencadeou a Operação Paixão de Cristo, que teve inicio na quinta-feira, 29 de março, e foi encerrada no último domingo, 1º de abril, com finalidade de promover a segurança pública prevenindo os diversos crimes, entre eles, furtos, roubos, tráfico de drogas, porte ilegal de arma e fiscalizando o trânsito e coibindo as infrações e crimes contra o meio ambiente.

Foto: Polícia Militar de Meio Ambiente e Trânsito Rodoviário

Na atividade de trânsito rodoviário, diversas foram as abordagens aos condutores de veículos que trafegaram pelas rodovias de jurisdição do 3º Pelotão, que abrange os municípios de Ituiutaba, Capinópolis, Canapólis, Cachoeira Dourada, Centralina, Ipiaçu, Guarinhatã e Santa Vitória, com finalidade de orientar, fiscalizar e reprimir crimes de trânsito e comuns, tirando de circulação pessoas embriagadas, que insistem em dirigir  e que podem causar acidentes graves, muitas vezes com a morte ou sequelas dos envolvidos no acidente.

Na atividade de meio ambiente, foram realizados patrulhamentos aquáticos com utilização de embarcação nos reservatórios e rios de jurisdição do 3º Pelotão, e patrulhamentos terrestres na zona rural com finalidade de orientar, fiscalizar e reprimir crimes/infrações contra o meio ambiente e a criminalidade comum.

Foto: Polícia Militar de Meio Ambiente e Trânsito Rodoviário
Continua após a publicidade

Abaixo, veja o resultado da operação de trânsito rodoviário.

Foram 659 veículos fiscalizados; 55 veículos retidos; 7 veículos removidos; 6 CNH’s recolhidas; 9 pessoas autuadas por falta de CNH; 1 pessoa presa (Porte Ilegal de Arma de Fogo); 1 arma de fogo apreendida; 88 autuações (multas); 63 testes de etilômetro; 5 autuações por embriaguez; 5 CNH’s recolhidas por embriaguez.

Felizmente, e apesar do tempo chuvoso em todos os dias do feriado, vale destacar que o trabalho preventivo nas rodovias foi eficaz e eficiente para que não ocorresse nenhum acidente.

Confira o resultado da operação de meio ambiente.

Foram 5 pessoas presos e apreendidas 3 espingardas; 2 revólvers; 47 munições, além de 1.560 metros lineares de rede de pesca (2.840 metros quadrados); 1 tarrafa; 2 barcos; 1 motor de poupa; 5 pássaros da fauna silvestre; 4 gaiolas; 4 metros estéreo de lenha nativa; 5 quilos de peixes e lavrado 1 Termo Circunstanciado de Ocorrência – TCO.

No total foram aplicadas multas que somadas chegam ao valor de 11.779 UFMG ou R$ 38.299,57 (trinta e oito mil, duzentos e noventa e nove reais e cinquenta e sete centavos).



 


Comments are closed.