A mineradora Anglo American informou nessa terça-feira (3), em nota, que a paralisação das atividades deve durar cerca 90 dias em função dos processos de inspeção do vazamento ocorrido na  sexta-feira (30), em Santo Antônio do Grama, na Zona da Mata mineira.

De acordo com a empresa, o custo total das ações de reparação e recuperação operacionais, econômicas e socioambientais decorrentes dos incidentes com o mineroduto ficará em torno de R$ 60 milhões.

As férias coletivas para os funcionários da mina, usina e planta de filtragem serão de 30 dias, a partir do dia 17 de abril. Posteriormente, a empresa vai conversar com o sindicato e autoridades para definir as “alternativas mais adequadas”.

Continua após a publicidade

O trabalho de limpeza no córrego Santo Antônio, impactado pelo vazamento, envolve cerca de 200 pessoas, segundo a Anglo.

A empresa declarou nessa segunda-feira (2), em relatório ao Ibama, que o vazamento de minério foi de 647 toneladas.

As operações do mineroduto Minas-Rio, da Anglo American, foram suspensas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) na sexta-feira (30), depois do segundo vazamento em menos de um mês no município de Santo Antônio do Grama.


Comments are closed.