Um motorista de aplicativo foi feito refém por uma quadrilha composta por quatro integrantes na madrugada desta terça-feira (3) em Belo Horizonte. De acordo com a PM, o motorista recebeu a chamada para uma corrida de uma mulher na rua Leopoldo Gomes, no bairro Pompeia, na região Leste de Belo Horizonte.

O motorista informou aos militares que foi surpreendido por jovens que renderam a vítima usando um simulacro de arma de fogo.

Depois de circularem por mais de uma hora com o motorista, os suspeitos foram abordados por uma viatura da Rotam, quando trafegavam pela contramão na Avenida Santa Albertina, no bairro Casa Branca, também na região Leste da capital.

Continua após a publicidade

Os suspeitos confirmaram que iriam usar o carro da vítima, um Fiat Punto para comprar drogas e armas. A polícia prendeu em flagrante o jovem Bruno Henrique Lucas Martins, de 18 anos e apreendeu três menores, dois de 16 anos e um de 15.

A ocorrência foi encerrada no Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional – CIA/BH, no bairro Barro Preto.


Comments are closed.