A paixão pelo Lindy Hop levou a professora da UFMG e escritora Graziela Melo Vianna a passar uma temporada em Herräng, cidade de apenas 440 habitantes no norte da Suécia, localizada entre o nada e o mar Báltico, que no verão se torna a meca das swing dances e recebe até 5.000 turistas de vários cantos do mundo, que vão aprender, ensinar e dançar Lindy Hop, balbooa, entre outros ritmos.

As pessoas chegam a ficar até quatro horas por dia em aulas de dança, bailes em espaços diferentes por noite, até amanhecer.

No próximo domingo, dia 8, os belo-horizontinos não vão precisar ir tão longe para sentir no corpo e na alma a magia desse “mundo paralelo” descrito por Graziela. O Lindy Hop, estilo de dança criado nas décadas de 1920 e 1930, no Harlem (Nova York), poderá ser conferido na Primeira Batalha deRitmos em Spin Force Crew (Breaking) e BeHoppers Group (Swing Dance), a partir das 15h, na Praça da Liberdade, região Centro-Sul da capital.

Continua após a publicidade

Pela primeira vez, dois grupos de dança de estilos diferentes unem forças para fazer uma batalha especial entre ritmos em espaço público de BH.

Spin Force Crew e os BeHoppers levarão para a pista de dança, montada na Praça da Liberdade, movimentos e músicas características do Breaking, parte da cultura hip-hop e o lindy hop, estilos dançantes embalados pelo swing jazz.

Hoje, o Lindy Hop é muito popular entre os dançarinos de Belo Horizonte, com aulas regulares em várias escolas de dança e eventos quinzenais, que reúnem dezenas de pessoas para dançar e ouvir boa música.

A batalha na Praça da Liberdade será dividida em três partes. Primeiro, com músicas do seu estilo (dançarinos do Lindy Hop dançando músicas de swing jazz e dançarinos de breaking dançando música de Break Beats, entre outros).

Em seguida, os grupos vão dançar músicas do outro estilo, antes do retorno às suas músicas na rodada final.

Um júri convidado vai escolher o vencedor por voto popular.  Antes da batalha, a pista de dança estará aberta para todos dançarem, com DJs dos dois estilos. Terá, ainda, um picnic coletivo. Basta levar comida, bebida, toalha e compartilhar com os demais, tudo ao som do swing jazz.

PROGRAMAÇÃO NO DOMINGO

15h – Abertura da pista de dança e picnic coletivo de confraternização, ao som dos DJs Fernando (Spin Force Crew) e Budd Slim (BeHoppers).
16h30 – Batalha de Danças
17h – Pista de dança aberta ao público
18h – Encerramento.
 


Comments are closed.