Os trabalhadores da educação fecharam a BR-381, na manhã desta quarta-feira (4), em Igarapé, na região metropolitana da capital. A categoria está em greve desde o último dia 8 de março.

O grupo fará uma assembleia estadual para definir os rumos do movimento, a partir das 14h, no pátio da Assembleia Legislativa de Minas (ALMG).

A pista está fechada no sentido São Paulo e já há 1 KM de congestionamento. 

Continua após a publicidade

Acompanhe pelo nosso canal de trânsito como está o tráfego no local. 

As principais reivindicações da categoria são: o pagamento do piso salarial; fim do parcelamento dos salários e do 13º; cumprimento dos acordos assinados e atendimento de qualidade pelo Ipsemg.

Veja o que dizem os professores:

Em 2015, após sete anos de lutas pelo pagamento do Piso Salarial, três grandes e intensas greve, dois acordos descumpridos pelos governos, finalmente, a categoria conquistou uma lei estadual com a política do Piso Salarial Profissional Nacional.

A Lei Estadual 21.710/15 garantiu o pagamento de vencimento básico e não mais o subsídio, os reajustes anuais do Piso e estabeleceu uma política de pagamento e incorporações de abonos para que, em julho de 2018, finalmente, o Governo de Minas pague o Piso Salarial.


Comments are closed.