Resultado de uma parceria entre as Secretarias de Agricultura e Desenvolvimento Social o Projeto Horta, criado para atender adolescentes que cumprem medidas socioeducativas, entregou essa semana uma grande quantidade de alimentos a duas entidades assistenciais de Ituiutaba. Foram beneficiados o Lar do Idoso Padre Lino José Correr e a Casa dos Velhos Bezerro de Menezes. Entre os produtos distribuídos estão, alface, cebolinha, chuchu, berinjela e beterraba, entre outros.

Foto: Ascom Ituiutaba

O Projeto Horta é desenvolvido dentro no Parque de Eventos JK e tem por finalidade, atender crianças e adolescentes em conflito com a lei.  “A medida socioeducativa é determinada pelo judiciário e sua execução é de competência do CREAS, onde os adolescentes são acolhidos pela equipe técnica responsável para seu acompanhamento e de sua família. Esta medida é cumprida de forma aberta e na modalidade de prestação de serviço à comunidade”, informou a diretora do Departamento de Proteção Social Especial, Márcia Maria Leal Tavares.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Social, Renato Moura, “o Projeto Horta cumpre, com grande eficiência, seu papel pedagógico. Além disso, representa um incentivo bem-sucedido de proteção aos direitos humanos destes adolescentes, incursos em ato infracional, compensando o dano social ao resgatar a autoestima e a cidadania destes jovens”.

Foto: Ascom Ituiutaba

Comments are closed.