A BHTrans suspendeu nesta sexta-feira as multas aos taxistas de municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte que passam pelas pistas do Move. A decisão vale até pelo menos o próximo dia 24, quando ocorre um encontro da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de BH (Granbel).

A empresa que gerencia o trânsito na capital irá propor um sistema de integração desses táxis com o sistema de Belo Horizonte. Esses convênios, chamados de Praça Integrada, permitem a livre circulação de táxis entre as cidades conveniadas, a utilização das faixas do MOVE com os mesmos deveres e direitos dos táxis de Belo Horizonte e também as condições e padrões de operação, fiscalização e características dos veículos, garantindo segurança, conforto e economia para os sistemas e, principalmente, para os usuários.

Atualmente, a capital mineira tem convênio integrado com os municípios de Contagem, Ibirité, Sabará e Ribeirão das Neves. Taxistas de outras cidades que circulavam pelas pistas do Move vinham sendo multados.

Continua após a publicidade

Nessa quinta-feira, o prefeito Alexandre Kalil se manifestou reconhecendo o erro pelas multas aos taxistas e prometeu empenho para solucionar o problema.

Regras

Somente o táxi com passageiros a bordo poderá circular nas pistas do Move e  é obrigatório trafegar na faixa da direita, mantendo os faróis acesos e o eletrovisor ligado.

O taxista não pode realizar embarque ou desembarque ao longo das pistas. No entorno da Estação Pampulha, o limite máximo de velocidade é de 30 km/h.


Comments are closed.