Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) deu início à perfuração de poços artesianos na região rural conhecida como Chácaras Neguta. As obras tiveram início na última quinta-feira (5) de abril.

A conquista é resultado de um trabalho intenso da Prefeitura de Capinópolis e da Câmara Municipal de Capinópolis. A perfuração foi autorizada pela Secretaria de Estado de Cidades e de Integração Regional em Junho de 2017, e o secretário de Desenvolvimento Agrário do Estado de Minas Gerais – professor Neivaldo – recebeu o comunicado de autorização, como publicado pelo Tudo Em Dia à época (veja)Nesta quinta-feira (5), o secretário reiterou ao prefeito de Capinópolis, Cleidimar Zanotto, a concessão de dois poços artesianos e de duas caixas d´água.

A expectativa é que o primeiro poço tenha uma vasão de 5700 litros de água por hora, suprindo parte da demanda das famílias que moram na região.

Continua após a publicidade

O investimento inicial para perfuração dos poços será de cerca de R$100 mil.

O próximo passo do projeto é a construção de uma casa de máquinas, depósito de tratamento da água captada, rede de distribuição e ramais.

A estrutura e a forma de instalação da tubulação que levará a água até os moradores da comunidade das Chácaras Neguta deve ser definida pelo conselho de obras do Município de Capinópolis.

As Chácaras Neguta abriga cerca de 150 famílias e alguns proprietários conseguiram – com recursos próprios – perfurar poços artesianos, mas a grande maioria das residências conta com cisternas que correm o risco de estarem contaminas.

Na localidade é comum ver residência com várias caixas d´água e tambores que reservam a água disponibilizada pelo caminhão pipa da prefeitura municipal.

O abastecimento de água potável por meio dos poços artesianos deverá suprir a demanda humana e de animais que vivem nas propriedades.

Segundo o prefeito de Capinópolis, Cleidimar Zanotto, o início das obras é uma conquista inestimável. “Vários moradores daquela localidade sofrem com a falta d´água para uso próprio, hortaas e para tratar dos animais, servindo-se de cisternas – nossa preocupação é com qualidade da água destas cisternas, que podem estar contaminadas. Outro projeto que também é de grande relevância, é o fim das fossas negras”, pontuou o prefeito.

 


Comments are closed.