Cerca de 400 membros do Movimento Sem Terra (MST) fecharam a BR-381 na altura de São Joaquim de Bicas, na região metropolitana de Belo Horizonte, no sentido capital mineira, em protesto contra o decreto da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O fechamento ocorreu às 10h e a rodovia foi liberada 11h30.

Os manifestantes queimaram pneus e gritaram palavras de ordem. O protesto aconteceu bem na entrada da cidade, na altura do KM 506. Foram dois quilômetros de congestionamentos no local.

Acompanhe o trânsito pelo nosso canal

Continua após a publicidade

Segundo o MST, os bloqueios em estradas atingiram pelo menos outros oito Estados diferentes, além de Minas Gerais. A maioria das passagens bloqueadas fica no Paraná.

Em território paranaense, o MST informou que bloqueou trechos da PR-473, que liga Quedas do Iguaçu a São Jorge d’Oeste. Famílias protestaram também na PR-170, entre os municípios de Porecatu e Florestópolis.

O MST informou ainda bloqueios em estradas do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Sergipe e Paraíba. Mais cedo, já tinham sido confirmados bloqueios também na Bahia, Pernambuco e Espírito Santo. Segundo o coordenador do movimento Alexandre Conceição, a ideia é bloquear 50 rodovias em 24 Estados, em protesto contra a decretação da prisão de Lula.

Tiro

O MST relatou ainda que, durante o fechamento da BR-101, na Paraíba, uma pessoa foi ferida por um tiro. Um homem não identificado furou o bloqueio e atirou com arma de fogo numa mulher membro do movimento, Lindinalva Pereira de Lima Filha. A vítima foi levada ao hospital. (Com agências)


Comments are closed.