Desde que foi publicada pela primeira vez em 1942, nos Estados Unidos, a obra “O Pequeno Príncipe” levou diversas lições sobre a amizade, o tempo, a solidão, a vida e a morte. Ensinamentos que foram traduzidos para mais de oitenta idiomas, e que até hoje inspira novas expressões artísticas. É o caso da exposição Aqui está o carneiro, aberta nesta segunda-feira (9), a partir das 12h, no Espaço Cultural do Mercado Municipal.

A partir do pensamento do clássico da literatura, de Antoine de Saint-Exupery, a artista Alessandra Cunha cria cenários que permeiam sua mente, desde a primeira vez que leu o livro, com símbolos e fragmentos da história, em uma verdadeira viagem pelo mundo da imaginação.

“Quando era criança, os adultos não entendiam meus desenhos e lhes davam outro significado, e isso foi o que me conectou com o Pequeno Príncipe, ainda na infância. Quem sabe o carneiro entre minhas cores, me conecte com os visitantes da galeria?”, afirmou.

Continua após a publicidade

O carneiro citado pela artista é o que dita a linha artística da exposição, que resgata o momento em que a criança/príncipe pede para o piloto do avião caído, que lhe desenhe o animal. Após muitas tentativas frustradas de satisfazer o garoto, o piloto desenha uma caixa com furos para o carneiro morar, que é tratada, neste novo contexto, como a própria galeria de arte e as pinturas, com uma busca freqüente pelo sentido da vida.

Sobre a artista

Com 40 exposições individuais em realizadas em diferentes cidades do país, Alessandra Cunha apresenta 36 pinturas de tamanhos variados entre cores e técnicas diversas. Desde que se formou em Artes Plásticas em 2010, já participou ainda mais de 240 exposições coletivas em países como Itália, Argentina, Canadá, Holanda, entre outros. Seu novo trabalho Aqui está o carneiro, segue aberto para visitação até o dia 29 de abril, das 12h às 18h, no Espaço Cultural do Mercado Municipal, localizado na rua Olegário Maciel, 255, centro.

Prefeitura de Uberlândia


Comments are closed.