Seis pessoas suspeitas de explodirem agências bancárias em Passos, na Região Sul de Minas, foram presas em São Paulo pela Polícia Civil. Os crimes aconteceram na madrugada da última quarta-feira, quando os bandidos encapuzados e armados explodiram pelo menos três agências.

De acordo com a Polícia Civil, o grupo foi localizado na tarde deste sábado. Em parceria com a corporação de São Paulo, os agente ainda apreenderam explosivos, diversas armas e grande quantia em dinheiro.

A corporação diz que as investigações ainda continuam no intuito de identificar e prender outros envolvidos.

Continua após a publicidade

Na ação criminosa, a quadrilha utilizou equipamentos na mesma frequência do rádio da Polícia Militar e um drone para monitorá-los. 

Os suspeitos incendiaram um ônibus e outros veículos na MG-050 com o intuito de dificultar a chegada dos militares ao local.

Pelo menos quatro explosões foram ouvidas na cidade e vários transformadores de energia destruídos. Uma agência do Banco do Brasil e outra da da Caixa Econômica foram atingidas pelos ataques.

Um morador, que não quis se identificar, viu uma camionete vermelha com uma metralhadora fixada em um cavalete na carroceria do veículo. 

Os bandidos se dividiram na hora da fuga. Um grupo seguiu no sentido Bom Jesus da Penha e o outro se perdeu na cidade e pode estar escondido na região. Dois bandidos foram mortos e abandonados pelos demais assaltantes.


Comments are closed.