O que Abel aprontou com Edilane é um mistério que tomou conta das conversas em ruas e praças de Sete Lagoas, na região Central de Minas, depois que um homem identificado apenas por Abel espalhou faixas pela cidade pedindo perdão à sua amada. “Me perdoe por ter sido tão ingrato com você, por todo mal que lhe causei. Obrigado por tudo. Te amo. Seu marido, Abel”, diz uma das faixas, colocada na orla da Lagoa Paulina.

Mesmo sem saber o motivo da briga do casal, o pedido público de perdão ganhou as redes sociais e está dividindo as opiniões na cidade.

Vários estabelecimentos comerciais saíram em defesa de Abel e criaram hashtags para tentar convencer a mulher a voltar para o marido. Um bar está oferecendo até uma caixa de cerveja para o casal comemorar a reconciliação.

Continua após a publicidade

A reportagem conseguiu conversar com Edilane por telefone nesta sexta (20) à tarde. Discreta, ela não quis comentar o motivo da briga. “Prefiro não comentar. Por favor não me ligue novamente”, disse ela antes de encerrar a ligação.

Poucas pessoas sabem o motivo da separação, como a amiga dela, a empresária Adrielle Lopes, de 28 anos, que jurou guardar segredo. “Só posso garantir que ele (Abel) está errado e que não foi traição”, disse a confidente.

O pai de Adrielle é proprietário de um bar e criou a hashtag #vemprobarEdilane, oferecendo o espaço para ela comemorar a liberdade. “Edilane, não perdoa. Vem para o bar com as amigas”, diz a mensagem bem-humorada.

A empresária conta que a cidade inteira está na campanha para o Abel ser perdoado, mas a família dela foi na contramão por saber o motivo da briga do casal.

Na página do bar, outras justificativas. “A gente estava esperando uma ocasião especial para ‘startar’ essa página e nada melhor do que começar com uns fatos que mexerem com a cidade na última quinta-feira. Todo mundo apoiando Abel e resolvemos ir na contramão disso tudo e convidar a Edilane para vir para o bar com as amigas e não perdoar o Abel. A comoção foi grande pelo ato dele, mas só eles (o casal) sabem o que de fato aconteceu”, diz a postagem.

Enquanto isso, tem gente roendo as unhas de curiosidade. “Abel ou Edilane, contem para a gente o que aconteceu. Vamos ter urticária de curiosidade. Ai, dá até para ajudar dizendo se você perdoa, ou não. Apareçam!!!”, postou Claudiane Soares.

Para alguns, Abel está pagando o maior “mico” com a faixa, mas outros discordam. “Acho bacana um homem ter coragem de admitir o seu erro. Às vezes, a gente passa por tanta coisa na vida e percebe que o orgulho não leva ninguém a nada. Se ele a ama, tem mais que é que correr atrás do prejuízo, mesmo! Uma coisa é certa: ela vale a pena”, postou Thelma Loys.

Torcida

“Todos por um final feliz” é o nome da campanha de um bar pedindo a Edilane uma chance para Abel. O casal será presenteado com um kit cerveja após o perdão.

 

Zoação na rede social

Teve gente nas redes sociais que chegou a comparar o casal a outro da ficção, da novela “Caminho das Índias”, em que a personagem Norminha, interpretada pela atriz Dira Paes, põe sonífero no leite quente do marido Abel (Anderson Müller) todas as noites para ela sair escondido. “Se eu fosse Edilane, responderia com outra faixa: ‘Tome seu leitinho, Abel. Vá, beba, beba, beba’”, escreveu Meire Elen, repetindo a fala da personagem Norminha. “Eu perdoava e passava a dar leitinho para o Abel toda noite para descontar”, completou Daniela Barbosa Fortes.

Independentemente do que Abel aprontou, Geicyele Laine saiu em defesa dele. “Pelo menos, o Abel é diferente de muitos homens e reconheceu o erro e se dispôs a passar por esse ‘kong’ (mico) para se mostrar arrependido. Perdoe o Abel, Edilane!”, escreveu ela.

“Edilane, jogue Abel vacilão dentro da lagoa. Não sei o que é pior, o chifre ou o mico.”

Amanda Xavier

“Abel, como se não bastasse matar Caim, agora tú feres o coração da Edilane.”

Sil Abreu

“Fico pensando só uma coisa: Que cagada Abel fez?”

Cavalos de Sete Lagoas

“Não sei o que houve entre vocês, mas não posso negar que achei o máximo! Meu sonho é uma declaração de amor dessas, de mover céus e mares. Se for pelo bem e felicidade do casal, voltem.”

Fátima Ribeiro

“Edilane, minha filha. Se fosse você, afogava ele na lagoa”

Stefanie Pinho

 


Comments are closed.