A equipe de reportagem da TV Vitoriosa foi até a casa da pequena Anna Paula Silva de Brito, de 7 anos, que foi atropelada por um condutor supostamente embriagado no dia 2 de dezembro do ano passado, no Bairro Tocantins. Apesar da gravidade do caso, a menina conseguiu se recuperar do acidente sem qualquer tipo de sequela.

Anna Paula foi atropelada e prensada contra o portão de sua casa pelo motorista, que fugiu sem prestar socorro. A menina foi encaminhada para o Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) em estava grave, com o diafragma rompido e lesões no pulmão, tórax e bacia.

Continua após a publicidade

A família fez campanha uma campanha nas redes sociais para que Anna Paula realizasse uma transfusão sanguínea. Após 14 dias internada no HC-UFU, a menina teve alta médica.

Ana Lúcia Brito, mãe de Anna Paula, agradeceu toda a ajuda que a família recebeu durante o momento. “Por onde a gente passa, a gente agradece e eles podem contemplar o que Deus tem feito na vida de nossa filha. A gente não teria conseguido se não fosse essa corrente, que teve uma proporção muito além do que a gente imaginava”, disse.

A mãe da garota também ficou feliz pelo fato de que a família poderá ajudar a salvar outras vidas no futuro, por conta do grande número de doações sanguíneas. “Através do que aconteceu com ela, muitas vidas foram alcançadas (sic) pela medicina (HC-UFU). A gente precisava de 20 bolsas de sangue, e foram alcançadas 360 bolsas”, disse.

Ana Lúcia disse que a família perdoa o suspeito pelo acidente, mas que encaminhou o processo para a justiça e aguarda seus desdobramentos. E deixou uma mensagem pedindo maior responsabilidade para motoristas.

“Quando vocês saírem, quando for dirigir, pense bem, por que tem vidas ali que, às vezes, não pode ter a mesma sorte que a gente teve”, disse Ana Lúcia.

Saiba Mais

Menina de 7 anos é atropelada na calçada, prensada no portão e fica em estado grave; motorista foge do local

Menina atropelada e esmagada por motorista embriagado recebe alta médica após 14 dias internada no HC-UFU

Reportagem: André Silva


Comments are closed.