Mulher de detento que tomou tiro na penitenciária denuncia possível excesso de agente penitenciário

mulher de um detento que cumpre pena na Penitenciária Pimenta da Veiga, em Uberlândia, chamou nossa equipe de reportagem para fazer uma denúncia. Stefany Oliveira Costa disse que o marido, Tiago Santos de Almeida, de 29 anos, foi atingido por uma bala de borracha e teve que passar por cirurgia no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). Ele precisou retirar o baço.

Segundo a mulher, o tiro foi disparado por um agente penitenciário e o marido dela teria ficado mais de meia hora inconsciente, com intenso sangramento. Ele foi levado para atendimento na UAI Pampulha e transferido para o HC.

Stefany ficou sabendo do caso por meio da esposa de outro detento. Ela foi fazer visita íntima na sexta-feira, 20, momentos depois de toda a confusão. O preso contou à mulher que Tiago se desentendeu com um agente penitenciário quando foi tirar uma dúvida a respeito da TV da cela.

A versão registrada pela administração da Penitenciária junto à Polícia Civil relata que Tiago Santos de Almeida resistiu aos procedimentos de rotina de fiscalização na cela e foi atingido no abdômen por uma bala de borracha.

Segundo o reds da polícia civil, tiago iniciou um tumulto entre os presos por causa de pilhas para controle remoto das TVs que é compartilhado entre os presos. O Tiago também teria dito que os agentes danificaram a TV da cela dele. O agente entrou na cela para verificar e um dos presos tentou tomar a arma de tiro de borracha do agente. Neste momento, Tiago teria agredido o agente e, no tumulto, um tiro foi efetuado para conter os detentos. Outro preso voltou a tentar tirar a arma do agente e outro tiro acabou disparado involuntariamente. Tiago foi atingido e socorrido até a UAI Pampulha.

Tiago Santos tem 29 anos. Ele está preso há 3 anos e 8 meses por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas, assalto e porte ilegal de arma de fogo. Na penitenciária Pimenta da Veiga ele está há 2 anos e, segundo a esposa, ele já conquistou algumas regalias, devido ao bom comportamento. Ele seria o chamado “cela livre”, que ajuda na distribuição de lanches aos detentos, por exemplo.

O caso foi registrado na última sexta-feira, 20/04. Tiago continua internado sob escolta policial, motivo pelo qual não é possível saber o estado de saúde.

A direção da unidade prisional ainda informou que um procedimento interno vai investigar as circunstâncias do fato e que a justiça e o Ministério Público foram comunicados.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Campanha de vacinação contra a gripe é oficialmente lançada em Ituiutaba

Bom Dia! 24 horas traz Festival do Pão de Queijo com diversos tipos de recheios