Os corpos das sete vítimas do acidente de trânsito ocorrido na madrugada dessa segunda-feira (22) na BR-116, em Governador Valadares, foram liberados aos familiares pela Polícia Civil.

As vítimas foram José Maria Gomes Fernandes, de 62 anos,  Ruth Nalva Kopittke Fernandes, 44, Riani David de Almeida, 20,  Ivanete Rocha Rafael, 78, Merilda Ferraz Gomes, 74, Márcia Rocha Amaral, 41, e Reginaldo Rodrigues de Oliveira, 39.

Reginaldo Oliveira, que chegou a ser encaminhado ao Hospital Municipal de Governador Valadares, porém não resistiu aos ferimentos, era o motorista da caminhonete que invadiu a contramão da rodovia em Valadares.

Continua após a publicidade

As investigações serão feitas pela Delegacia de Acidentes de Veículo, que além de apurar os fatos, encaminhará um documento ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) solicitando a intervenção no local devido ao alto número de acidentes.

Duas pessoas continuam internadas em estado grave

Das cinco pessoas que estavam internadas no Hospital Municipal de Governador Valadares duas continuam em estado grave. Marialdina Otoni Silva teve traumatismo craniano e vai ser transferida para o Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do próprio hospital.

Já uma outra ferida, que foi identificada apenas como Áurea,  teve traumatismo craniano e está na emergência, acordando da sedação também na unidade de saúde. Essas duas são as pacientes mais graves, vítimas do acidente.

A outra ferida ainda internada no hospital, Juliana Rezende, teve fratura na bacia, está estável e vai passar por uma cirurgia ortopédica.

Os outros dois feridos que estavam internados no hospital foram transferidos. Os dois estavam com estado de saúde estável. Nelson José de Almeida Júnior, teve fratura na bacia, já fez cirurgia e foi transferido para o Hospital São Lucas. A outra paciente Viviane Rodrigues Amaral, está com lesão na face e na cabeça e foi transferida para Belo Horizonte.


Comments are closed.