A captação de recursos para a execução de projetos sociais depende muito da formulação correta e planejamento exato dos programas, até o momento da aplicação dos valores arrecadados. Este foi o motivo do curso de capacitação destinado a funcionários e dirigentes de várias entidades sociais, realizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SEDS), na última segunda-feira (23), no auditório da UaiTec.

O curso contou com presença do palestrante Alexandro Paiva, advogado e assessor jurídico da Associação de Municípios do Vale e Alto Paranaíba (Amvap), que abordou  o tema “Como podemos utilizar os recursos do Fundo da Infância e Adolescência, bem como sua prestação de Contas”. Atualmente, 30 entidades estão cadastradas para receberem subvenção social da Prefeitura de Ituiutaba.

As mudanças na legislação sobre prestação de contas são comuns e trata-se de requisito fundamental e necessário para que as entidades continuem sendo atendidas. Agora, com a possibilidade de serem beneficiadas pelo Fundo da Infância e Adolescência, FIA, está crescendo o interesse dos dirigentes aprender mais quanto a legislação e elaboração dos projetos.

Continua após a publicidade

A Casa da Divina Providência, localizada próximo a Praça 13 de Maio, concentra a prestação de serviço no atendimento as pessoas, oferecendo cursos em suas diversas naturezas. A Coordenadora Elza Maria de Jesus, após o curso de capacitação, destacou que novos horizontes foram abertos. “Considerei bastante valioso, principalmente quanto às mudanças na legislação sobre a prestação de contas”, disse.

Na Creche Espírita Lar Pouso do Amanhecer, Np bairro Natal, são atendidas cerca de 240 crianças com idade entre 5 meses de vida a 05 anos de idade. Segundo a Diretora, Kátia Guimarães, a capacitação na UaiTec acontece em momento certo e proveitoso. “Tivemos a oportunidade de conhecer informações sobre as alterações na legislação de prestação de contas e as observações quanto a elaboração correta dos projetos, aumentando as chances na captação dos recursos”, disse.

A partir deste ano, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente – CMDCA, órgão regulador e responsável por acompanhar o funcionamento das entidades assistenciais no município, colocou em prática o Fia, para captar ampliar os recursos destinados aos projetos sociais no município. Qualquer cidadão, que tenha imposto a pagar para o Governo Federal, poderá optar por doar parte desta arrecadação para ajudar nos projetos realizados pelas entidades em Ituiutaba. Basta informar o contador, no momento de entregar a declaração na receita federal.


Comments are closed.