Homem passa mal e morre ao tentar assaltar agente penitenciário em BH

Um homem morreu depois de tentar assaltar e entrar em luta corporal com um agente penitenciário, no bairro Minas Caixa, em Venda Nova, na madrugada desta terça-feira (24). De acordo com a Polícia Militar, o suspeito tentou assaltar o agente, de 25 anos, que é também motorista do aplicativo de caronas Uber.

Ainda segundo a polícia, o homem pediu o carro pelo aplicativo na rua Walfrido Teixeira Simões. Ele entrou no veículo no banco de trás e anunciou o assalto colocando uma faca no pescoço do motorista. O suspeito ainda pediu todo o dinheiro da vítima. O agente penitenciário foi obrigado a sair do carro.

Quando viu que o ladrão não estava com uma arma de fogo, o agente entrou no carro novamente pelo banco de trás, puxou o freio de mão e deu início a uma luta corporal com o suspeito, que acabou passando mal. O motorista tirou o suspeito do carro e acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

No entanto, quanto os médicos chegaram o suspeito já estava morto. A suspeita é que ele tenha infartado. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Belo Horizonte. A ocorrência foi encerrada na Central de Flagrantes (Ceflan) 4.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polícia descobre fábrica de falsificação de cervejas no bairro Engenho Nogueira

Menina de 11 anos inventou que foi estuprada por 14 homens, diz polícia

Homem passa mal e morre ao tentar assaltar agente penitenciário em BH

Um homem morreu depois de tentar assaltar e entrar em luta corporal com um agente penitenciário, no bairro Minas Caixa, em Venda Nova, na madrugada desta terça-feira (24). De acordo com a Polícia Militar, o suspeito tentou assaltar o agente, de 25 anos, que é também motorista do aplicativo de caronas Uber.

Ainda segundo a polícia, o homem pediu o carro pelo aplicativo na rua Walfrido Teixeira Simões. Ele entrou no veículo no banco de trás e anunciou o assalto colocando uma faca no pescoço do motorista. O suspeito ainda pediu todo o dinheiro da vítima. O agente penitenciário foi obrigado a sair do carro.

Quando viu que o ladrão não estava com uma arma de fogo, o agente entrou no carro novamente pelo banco de trás, puxou o freio de mão e deu início a uma luta corporal com o suspeito, que acabou passando mal. O motorista tirou o suspeito do carro e acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

No entanto, quanto os médicos chegaram o suspeito já estava morto. A suspeita é que ele tenha infartado. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Belo Horizonte. A ocorrência foi encerrada na Central de Flagrantes (Ceflan) 4.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polícia descobre fábrica de falsificação de cervejas no bairro Engenho Nogueira

Menina de 11 anos inventou que foi estuprada por 14 homens, diz polícia