Um ônibus da linha A119 foi incendiado no Bairro Patrimônio, em Uberlândia, na noite da última segunda-feira (23). De acordo com o Corpo de Bombeiros, os criminosos usaram gasolina para colocar fogo no veículo. Apesar do susto, ninguém se feriu. O coletivo pertencia à frota da empresa Autotrans e fazia a linha Terminal Central ao Bairro Patrimônio.

Este seria o sexto ataque a coletivos na cidade desde a última sexta-feira, 20. Em nota, as empresas de transporte urbano de Uberlândia e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Triângulo Mineiro (Sindett) manifestaram indignação e repúdio aos ataques, afirmando que eventos assim causam não só sérios prejuízos financeiros às empresas, mas principalmente aos clientes do transporte de passageiros.

Segundo o sindicato das empresas, cada ônibus queimado custa cerca de R$ 400 mil. Para lidar com o problema, disseram ainda estar em contato direto com os órgãos públicos envolvidos para solucionar os atos de vandalismo e reforçar ainda mais a segurança do transporte público no município.

Continua após a publicidade

A Polícia Militar em Uberlândia mobilizou na manhã desta quarta-feira, 25, todo seu efetivo disponível, inclusive o administrativo, para reforçar o acompanhamento aos ônibus, a fim de inibir as ações dos criminosos.

Com informações do portal Hoje em Dia


Comments are closed.