Um ataque a tiros seguido de um incêndio criminoso deixou três pessoas mortas e outras nove feridas em Divinópolis, na região Centro-Oeste de Minas. As vítimas eram pacientes de uma clínica de recuperação para dependentes químicos. Segundo a Polícia Militar (PM), oito homens armados arrombaram um portão de acesso à clínica, se dirigiram até um alojamento onde alguns internos dormiam e atiraram para o alto. Na sequência, espalharam combustível, atearam fogo e fugiram.

O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados para conter o incêndio e socorrer as vítimas. Três dos internos morreram carbonizados. Outros nove foram socorridos pelo Samu, receberam atendimento na UPA Padre Roberto, em Divinópolis, e já foram liberados.

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar a autoria e a motivação do crime. Até o fechamento desta edição, nenhuma pessoa havia sido presa. A polícia não descarta a hipótese de o incêndio ter sido causado por vizinhos que reclamavam que, após a instalação da clínica, em 2016, o numero de arrombamentos e assaltos no bairro aumentou significativamente.


Aprenda como fazer uma 'Amoeba' caseira

Comments are closed.