Jovem que cumpria pena em regime semi-aberto é morto ao sair para trabalhar

Três jovens que cumpriam pena em regime semi-aberto foram vítimas de disparos na manhã desta sexta-feira (27), na Avenida Denise Cristina da Rocha, em Ribeirão das Neves, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Um deles morreu no local e os outros dois foram socorridos em estado gravíssimo.

O trio dormia na Penitenciária José Maria Alkimin e saía toda manhã para trabalhar. Nessa sexta-feira, o veículo Prisma de cor preta em que eles estavam foi cercado por outro veículo e alvejado com cerca de 15 tiros ao passar pela avenida por volta das 6h da manhã.

Pedro Henrique Nicácio, de 22 anos, foi atingido por sete disparos na altura do tórax e morreu na hora. Os outros dois homens, ambos de 26 anos, foram atingidos por quatro tiros cada e socorridos para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Justinópolis. Lá, foi constatado que o estado de saúde deles era gravíssimo e a dupla foi transferida para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte.

O carro ficou parado durante algum tempo na avenida aguardando a perícia e as pessoas que passavam pelo local ficaram assustadas com a cena. De acordo com a Polícia Militar, os três celulares que as vítimas portavam foram recolhidos e serão analisados nas investigações.

Ainda não há confirmação da motivação do crime, mas de acordo com o boletim de ocorrência, a suspeita é de que o trio estava envolvido com o tráfico de drogas e o crime tenha sido cometido por integrantes de gangues rivais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Briga em bar termina em morte em Capinópolis

Cachorro ajudou na recaptura de um dos presos fugitivos da Nelson Hungria