Depois da nova fuga de detentos nessa quinta-feira – a segunda só nessa semana – a Justiça decidiu interditar o Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. A decisão é do juiz Wagner Cavalieri.

Com a decisão, ficam proibidas novas matrículas enquanto o número de presos da unidade for superior a 2 mil, salvo em caso de eventual permuta a ser previamente autorizada pelo juízo da Vara de Execuções Criminais de Contagem.

A decisão diz ainda que uma vez atingido o número inferior a 2 mil detentos, ficam autorizadas novas matrículas.

Continua após a publicidade

Na noite dessa quinta, seis detentos fugiram e um deles foi recapturado, segundo a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap).

Na última terça, quatro presos também fugiram. Eles aproveitaram um banho de sol durante a tarde para se esconder em um telhado e durante a noite pularam os muros do presídio usando uma corda feita com lençois conhecida como teresa.

Aguarde mais informações

Só neste ano já são quatro fugas da Nelson Hungria contando com as duas dessa semana. As outras foram em março, quando 10 presos fugiram, e em janeiro, com oito fugitivos.


Comments are closed.