Uma família inconformada com a morte de um  bebê recém nascido reclama de negligência por parte da equipe médica do Hospital Municipal de Contagem. Os médicos contestam e afirmam que fizeram todo os procedimentos possíveis para salvar a criança. 

Militares do 39º Batalhão de Polícia Militar (PM) foram acionados pelos familiares que reclamaram que após o parto realizado na unidade de saúde, o bebê não recebeu a atenção devida.

A mãe da criança foi internada por volta das 2h desse domingo para fazer o parto

Continua após a publicidade

Era uma gravidez de risco e a criança nasceu com complicações. Por volta das 18h15 foi constatado a morte do bebê.

“A família reclama que os médicos não deram a devida atenção ao bebê depois de morto. Já a médica responsável pelo atendimento explicou que todos os procedimentos possíveis foram realizados e que desde a internação para o parto, mãe e filho estão recebendo o atendimento médico adequado. Ouvimos as duas partes e vamos registrar o boletim de ocorrência”, explicou o  tenente Livinstone Ribeiro. 

Os familiares estavam exaltados e os policiais tiveram que ficar na unidade de saúde para evitar agressões e vandalismo. 
 


Comments are closed.