No último domingo, 29, militares da 9° Companhia de Polícia Militar de Meio Ambiente e Trânsito, lotados da cidade de Ituiutaba, foram acionados para verificar denúncia anônima “DDU 181” de rinha de galos no Bairro Satélite Andradina.

Os militares deslocaram até o local onde fizeram contato com proprietário da residência que franqueou a entrada da Guarnição Ambiental nas dependências do imóvel.

No local foi verificado que havia um galpão na frente da residência com toda estrutura para realização de uma rinha, como arena montada, com sinais notórios de ter sido utilizada recentemente, muitas penas e respingos de sangue, cadeira empilhadas dispostas ao lado da arena.
Continua após a publicidade

Durante o transcorrer da a abordagem foi verificado também seis galos dispostos em gaiolas de madeiras, com água suja e as vasilhas com lodo, além do interior está totalmente sujo, denotando que a limpeza não é feita de maneira adequada, no momento da abordagem não havia alimentação disponível para as aves.

Ainda foi constatado que os galos estavam com esporas cortadas e dois deles tinham ferimentos na cabeça e pescoço, em tese por terem participado de confrontos.

Foram localizados também medicamentos, esporas artificiais, seringas/agulha, agulha para costurar ferimentos, bolsa de pano para transporte de galo com mancha de sangue.
Foto: PM de Meio Ambiente

Os galos foram encaminhados para clínica veterinária para avaliação, tratamento e, posteriormente, encaminhamento para bem estar das aves.

Foto: PM de Meio Ambiente

Diante dos fatos descritos, foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência – TCO para o suspeito, um senhor de 45 anos de idade, para que responda pelo crime de maus-tratos perante ao Juizado Especial Criminal por se tratar de crime de menor potencial ofensivo.

Vale ressaltar que Maus-tratos a Animais é Crime Ambiental descrito no artigo 32 na Lei Federal 9605/98 “Lei dos Crimes Ambientais”.

Foto: PM de Meio Ambiente

A Polícia Militar de Meio Ambiente conta com apoio da população para que, quem tiver informação que esteja ocorrendo crime ambiental em sua localidade, que faça a denúncia de forma consciente e com maior número de detalhes no número 181 (Ligação gratuita e anônima) e no caso da cidade de Ituiutaba tem à disposição também o número 198, assim o trabalho dos policiais pode ser mais efetivo.
Apesar do local ter todas as características de rinha, no momento da abordagem não havia rinha, foram avaliados apenas os maus-tratos aos galos que lá estavam.
Foto: PM de Meio Ambiente

Comments are closed.