A Policia Civil apresentou nesta quinta-feira (3), na Delegacia Regional de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, a maior quadrilha especializada em roubos que atuava em Betim e região, desde 2017.

De acordo com o delegado Roberto Veran, os sete suspeitos foram presos após quatro meses de investigações. Eles são acusados de roubar uma agência dos Correios, um posto de combustível, uma distribuidora, um supermercado e uma farmácia. Além disso, o veículo usado nos crimes também era roubado. “O que chama a atenção nesse caso é a articulação do grupo. Eles distribuíam tarefas e cada um ficava responsável por uma parte do crime”, revela.

Ainda de acordo com o Veran, o grupo agia com muita violência e assaltava também os clientes que estivessem nos locais assaltados. “Temos relatos de diversas vítimas que foram agredidas com socos e chutes. Eles realmente queriam colocar terror por onde passavam”, pontua.

Continua após a publicidade

Os criminosos  utilizavam  duas submetralhadoras, réplicas de fuzil, pistolas e revólveres de uso restrito. Também foram apreendidos com os suspeitos blusas  da Policia Civil, munições e uma touca ninja.

Os sete homens têm passagens por crimes como tráfico de drogas, roubo, tentativa de homicídio receptação, associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo

O reconhecimento dos envolvidos foi possível devido as gravações das câmeras de segurança dos estabelecimentos. “Observando o armamento e as articulações, acreditamos que eles estivessem planejando algo bem maior que esses roubos. Nesses anos que atuo em Betim nunca tive acesso à um caso como esse”, diz.

Além dos crimes em Betim, a polícia de Carmópolis de Minas também está investigando a participação do grupo em  um roubo em uma cooperativa.
 


Comments are closed.