PF cumpre mandados contra quadrilhas que revendiam peças automotivas adulteradas

A Força-Tarefa coordenada pela Polícia Federal e integrada pela Polícia Rodoviária Federal e Polícia Civil deflagrou na manhã desta sexta-feira (4) a operação Lombada, que investiga o tráfico de armas, furtos, roubos e posterior adulteração de chassi de veículos para revenda de peças automotivas.

No total, estão sendo cumpridos sete mandados judiciais de prisão preventiva, dois de prisão temporária e 17 de busca e apreensão nas cidades de Belo Horizonte, Ribeirão das Neves, Contagem, Ibirité, Itaúna e Timóteo.

As investigações tiveram início na Polícia Federal em Minas Gerais. Após seis meses, foram identificados três núcleos criminosos distintos: um responsável por tráfico de armas; outro por furto e roubo e posterior adulteração de chassi de veículos para revenda; e o último por adulteração de peças de reposição automotiva.

O núcleo destinado a falsificar as peças automotivas comprava amortecedores sucateados. Após sua limpeza e pintura, colocava-os em caixas, que continham os selos dos fabricantes, vendendo-os como se fossem novos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PM prende suspeito com substâncias semelhantes à maconha, crack e cocaína em Capinópolis

Veja as 34 vagas de emprego disponíveis no SINE de Ituiutaba nesta sexta-feira (4)