Chefe do Detran que acumulou 120 pontos na carteira é exonerado

O Departamento Nacional de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG) teve uma mudança de chefia nesta terça-feira (8). O então presidente César Augusto Monteiro foi exonerado e em seu lugar assumiu Alessandro Amaro da Mata.

César Augusto ficou conhecido após alcançar 120 pontos na carteira de habilitação por causa de infrações de trânsito. 

A pontuação foi revelada em janeiro deste ano. César assumiu o cargo em dezembro de 2017. A pontuação foi acumulada desde 2014 e a maioria delas estava relacionada a velocidade. 

O ex-diretor do Detran disse que tinha aberto um processo administrativo contra ele mesmo para apurar a pontuação na carteira. 

O que diz a Polícia Civil 

Por meio da assessoria de imprensa a Polícia Civil, esclareceu que “todas as realocações em seu quadro de pessoal, são pautadas em avaliações técnicas administrativas”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Localizador de celular ajuda PM a prender homem com carro roubado em Uberlândia

Eleição para reitoria da UEMG ocorre hoje (8); Em Ituiutaba apenas os alunos poderão votar