Manifestantes protestaram contra o aumento da tarifa do metrô em Belo Horizonte nesta sexta-feira (11). Eles se concentraram na praça Sete e seguiram para a praça da Estação. Ao menos 300 pessoas participaram do protesto, segundo a PM. Os manifestantes dizem que ao menos 1.500 pessoas estavam no local. 

O trânsito nas avenidas Afonso Pena, dos Andradas e Amazonas ficou complicado. Os manifestantes comemoraram a suspensão do reajuste da tarifa soltando fogos de artifício e queimando uma catraca envolvida por papel. 

A estudante Luiza Lafetá, de 20 anos, comemorou a decisão da Justiça que suspendeu o reajuste que elevaria o preço da passagem do metrô de R$ 1,80 para 3,40. “Já não sabia como faria para continuar indo de casa para a faculdade, já que o metrô é a minha melhor opção”, afirma a estudante que mora em Venda Nova e estuda em uma universidade que fica no Prado.

Continua após a publicidade

A Polícia Militar reforçou a segurança na estacão Central do metrô. Militares do batalhão de choque estão de prontidão e até mesmo o caveirão foi deslocado. No entanto, o clima é tranquilo.


Comments are closed.