Quem precisar pegar o metrô de Belo Horizonte neste domingo (13) ainda vai ter que desembolsar R$ 3,40 para pagar o bilhete do transporte. Mesmo com a decisão da Justiça de Minas de suspender o reajuste de quase 89% e a ordem para que o valor de R$ 1,80 volte a ser cobrado, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) afirma ainda não ter sido notificada.

Conforme a assessoria de imprensa da companhia, provavelmente, a notificação deve chegar à empresa nesta segunda-feira (14), em horário comercial. O reajuste na tarifa do metrô aconteceu na última sexta-feira (11). Para realizar o aumento, a CBTU alegou que desde 2006 a tarifa do transporte não tinha o valor alterado.

No mesmo dia, o juiz Mauro Pena Rocha, da 4ª Vara da Fazenda Pública e Autarquias da comarca de Belo Horizonte, deferiu o pedido de liminar feito por meio de ação popular ajuizada pelo deputado federal Fábio Ramalho (MDB) contra o aumento.

Continua após a publicidade

Na decisão, o magistrado alegou que “repassar, de uma única vez, ao consumidor reajuste acumulado nos últimos 12 anos se mostra desarrazoado e não condizente com o princípio da moralidade administrativa”.

Também na sexta, a CBTU  informou por meio de nota qe vai informar aos usuários assim que receber a notificação. 

 


Comments are closed.