Kadu Moliterno lamenta matéria publicada pela revista Veja

Kadu Moliterno e Cristianne Moliterno / Foto: Marcus Ribeiro / MF Press Global

A revista Veja usou um caso do ator Kadu Moliterno já resolvido pela Justiça em uma matéria sobre violência doméstica publicada nesta semana ─acesse aqui.

“Estou sendo crucificado sem piedade em um processo já resolvido e passível de processo por danos morais. Quero ser avaliado pelo talento e pelos trabalhos realizados nos 49 anos de carreira e não por um acontecimento na vida pessoal ou por uma falta de sorte por ter acontecido no momento errado. Por ser uma personalidade pública, isto é um prato cheio para mídia”, afirma o ator de 65 anos.

Publicidade

“A revista Veja, ao comentar o caso do juiz da Corte Interamericana de Direitos Humanos, fez uma comparação com o caso do Kadu de uma maneira inapropriada. Esse caso do Kadu já foi processado e encerrado. Não há razão para que órgãos da imprensa fiquem fazendo comparações a outros casos atuais. Como se trata de um artista, com certeza absoluta a revista infringiu a proteção à imagem, a proteção à moral, dignidade e até ao lucro cessante. Cabe ao Kadu responsabilizar a revista Veja por essa comparação infeliz, por novamente tocar nesse assunto de maneira irregular, inapropriada e pedir uma reparação por dano moral, por dano à sua imagem que vem junto com o lucro cessante, mostrando que com isso ele está perdendo oportunidades de trabalho e que não existe razão que justifique a revista mencionar um caso que ocorreu há 12 anos. De uma forma que denigre o próprio ator, a própria pessoa, que já foi decidido pela justiça. Então cabe um pedido de direito de resposta no mesmo espaço na revista. Se a revista negar, o Kadu então vai usar do Judiciário para a sua proteção e de seus direitos. Assim como ele fez em relação à Luana Piovani, em relação à outros casos, à outros órgãos da imprensa. Não podem esses órgãos da imprensa em qualquer assunto que venha a público referente à violência doméstica, violência contra a mulher, buscar o caso do Kadu Moliterno como comparação. Isso é irregular, ilegal, atinge, fere o direito à imagem, ao trabalho, ele está em plena atividade laboral, então isso o atrapalha gerando lucro cessante”, explica o Dr. Jonas Tadeu Nunes, advogado de Kadu Moliterno.

“Me sinto como se tivesse preso por 12 anos e agora chegou a hora de falar e lutar por liberdade!”, diz o ator.

“Na época não quis entrar na polêmica nem responder na imprensa. Não quis me defender e contar o que realmente havia acontecido por respeito à mãe dos meus filhos, para preservar a família, as crianças na escola e no seu convívio social. O meu desejo sempre foi manter a família unida e consegui pois vivemos em harmonia. Mesmo que para isso fosse me prejudicar. Agora vejo que tenho que mexer na ferida e acabar de vez com isso. Sempre evitei falar nesse assunto que na verdade me deixa doente, mas agora depois de 13 anos percebo que se não me defender vou ficar sem emprego e marcado para sempre”, completa ele.

“É um absurdo carregar essa imagem e que as pessoas e imprensa possam lançar mão do meu nome como exemplo. Estou casado com Cristianne Moliterno há 3 anos e meio e levamos uma vida de amor a harmonia. Só desejo paz para poder trabalhar e temos o direito de sermos felizes em família!”, diz Kadu Moliterno.

“Viver em paz é o que todos nós seres humanos queremos. Todos somos passíveis de erros e acertos. O belo da vida está justamente na oportunidade que todos temos de reconhecer, virar a página e recomeçar. Ninguém pode julgar. Atirar a primeira pedra. Chega de crueldade. Tocar na ferida alheia. Que sejamos gentis. Só quem convive com meu esposo sabe o quanto ele é paciente, calmo, resiliente. Uma pessoa de coração enorme. Alegre, engraçado, do bem. São 12 anos que separam este fato infeliz, retratado, julgado e resolvido, dos dias de hoje. 12 anos de tentativa de ser feliz. Tenho vontade de protegê-lo de tudo isso. E o que está em minhas mãos é atestar que em cada dia a seu lado aprendi que existe pessoa de alma boa, idônea, tranquila e que faz de tudo para viver em harmonia”, destaca Cristianne Moliterno.

 

Publicidade

Assista: ‘Agricultura Produtos Agrícolas’ comemora 5 anos de sucesso

Publieditorial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite o comentário
Por favor, digite seu nome