O programa Rede de Empresas Protegidas da Polícia Militar (PM) tem dado resultados expressivos no combate à criminalidade no bairro Cidade Industrial, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Os resultados foram apresentados na quarta-feira (16) pelo tenente Rangel na sede de O TEMPO, em reunião com empresas que fazem parte da rede na região. De acordo com os dados apresentados, em março de 2016 a PM registrou 57 crimes no bairro. Após a implantação efetiva do programa, no mesmo mês, em 2018, foram registrados 28 crimes, o que representa uma redução de 51% no número de ocorrências registradas.

“O programa é uma filosofia institucional. Fazemos encontros mensais com os representantes das empresas e temos um grupo no WhatsApp para conversarmos sobre as demandas. Esses resultados não seriam possíveis sem o envolvimento da sociedade”, disse o tenente Rangel.

Continua após a publicidade

Aprovado. O programa tem feito a diferença para as empresas. “Tínhamos muitos casos de roubos. Nossos alunos eram vítimas em potencial. Agora vimos uma grande diminuição de ocorrências. Se todas as empresas da região participassem, teríamos ainda mais resultados”, afirmou a assistente social do Senai, Stael Moura.

O chefe da Divisão de Fiscalização e Controle da Prefeitura de Contagem, Leonardo Fernandes, disse que o Executivo está acompanhando as reuniões. “Em todos os distritos e polos industriais estamos levando essa reunião”, informou.

Prevenção. De acordo com o tenente Rangel, muitos dos roubos e furtos podem ser evitados pelas próprias vítima. “Um dos pontos que abordamos é a conscientização. As pessoas devem ter atenção no deslocamento, procurar não andar com grandes quantias em dinheiro nem com muitos objetos de valor”, orientou o policial.


Comments are closed.