O choro descontrolado ao ver o pastor e amigo da família chegar preso à Delegacia Regional de Vespasiano, na região metropolitana, é explicado quando a mãe de uma menina de 5 anos conta que a filha foi abusada pelo homem enquanto assistia ao desenho animado. O crime aconteceu no fim do ano passado e, na última sexta-feira, o pastor de 58 anos foi preso preventivamente por estupro de vulnerável.

O pai da vítima, que pediu para não ser identificado, contou que o pastor é casado há cerca de 5 anos com a madrinha da criança, que é amiga da família há mais de uma década. Muito próximos, o casal costumava se oferecer para ficar com a criança e seus irmãos, de 12 e 3 anos, aos sábados. Em um desses fins de semana, contudo, ele estava assistindo TV com a criança quando a colocou em seu colo e enfiou as mãos em sua vagina. Dias depois, a criança começou a ter crises de choro, pesadelos e pedir para não voltar à casa da madrinha. “Ela não estava nem comendo direito. Aí ela pegou e disse que o tio era mau. Ela disse que ele machucou o ‘titico’ dela com os dedos, e aí ela levou a mão à vagina”, contou o pai da criança.

O pastor, que está preso preventivamente, confessou o crime e afirmou estar arrependido. Ele será indiciado por estupro de vulnerável.


Comments are closed.