A primeira vítima do vírus da gripe H1N1 em Belo Horizonte, neste ano, é uma senhora, de 63 anos. Ela deu entrada no hospital Felício Rocho na segunda-feira (13) e morreu dois dias depois, na quarta-feira (15).

Segundo a nota de falecimento enviada pelo hospital à reportagem de O TEMPO, o quadro era característico de influenza grave e, exames preliminares, indicaram a infecção por influenza A.

Os testes confirmatórios foram concluídos pela Vigilância Epidemiológica Municipal na última sexta-feira (18).  

Continua após a publicidade

O infectologista e coordenador de corpo clínico do Hospital Felício Rocho, Adelino de Melo Freire Júnior, informou que outros dois casos da gripe H1N1 já foram confirmados e mais 14 notificados.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), este foi a primeira morte por  influenza A subtipo H1N1 em Belo Horizonte em 2018. No ano passado, também foi registrada uma morte.

O órgão disse que até o momento foram confirmados três casos da doença neste ano, contra um caso em 2017.


Comments are closed.